*Texto Erik Penna

O desespero tomou conta de in√ļmeros empreendedores, de uma hora para outra o faturamento despencou.

E para manter o negócio vivo, muitos se digitalizaram e começaram a focar na venda on-line como fator de sobrevivência.

O problema é que diversas empresas parecem estar tão aficionadas em faturar, que estão esquecendo de atender e entregar com excelência para o cliente.

Estou em casa e comprando insumos de um comércio local para nossa família. Analise a situação abaixo.

1ª venda: fizemos o pedido de 5 itens pelo telefone e a remessa chegou faltando 1 produto.

2ª venda: fizemos a encomenda pelo WhatsApp de 6 itens e a entrega veio com um produto trocado.

3ª venda: fizemos o pedido pelo WhatsApp de 4 itens e o pedido chegou com apenas 3 produtos.

4ª venda: na hora de receber, eles debitaram, sem perceber, 2 vezes no meu cartão. Ligamos lá e já fizeram o estorno.

Sim, também sou empreendedor e palestrante de vendas, e sei que é preciso vender e faturar na coronacrise, mas não devemos abdicar de treinar e engajar a equipe para fazer o básico bem feito, afinal quando o foco fica somente no vender, esquecemos de atender, de entregar com excelência e com isso perdemos a oportunidade de deixar uma experiência positiva registrada na mente do consumidor.

Pare de vender on-line de forma desequilibrada. O foco pode estar em servir ao cliente com maestria. O resultado financeiro será consequência.

Lembre-se, n√£o adianta correr e acelerar se o trajeto est√° errado ūüöó .

Pensa nisso!

*Erik Penna é especialista em empreendedorismo, palestrante de vendas, autor de 6 livros e já apresentou mais de 1.000 palestras em todo Brasil e no exterior www.erikpenna.com.br