ORATÓRIA: 10 dicas para dar um show na sua próxima apresentação

“Poderão esquecer o que você disse, mas jamais irão esquecer como os fez sentir.” (Carl W. Buechner)

Já encontrei muitas pessoas apavoradas por terem que se apresentar em público ou até mesmo numa pequena reunião da empresa. Algumas pesquisas apontam que o medo de falar em público é tão significativo que chega até a superar o medo da morte.

Insegurança, calafrio, dor de cabeça e desespero, tudo por causa da apresentação na faculdade ou na reunião da empresa. Seguindo as dicas abaixo, você fará bonito e surpreenderá positivamente seus expectadores:

1) Domine o assunto. Conhecer profundamente o tema que será apresentado é fundamental para o sucesso. Isso trará a confiança necessária para você discursar. Lembre-se: Inicie a fala pelo que é mais fácil para você. Isso serve como um aquecimento e será vital para você se acalmar, ganhar confiança e, em seguida, deslanchar, sem se lembrar do calafrio inicial.

2) Fale com naturalidade. Não caia na tentação de querer imitar alguém. Cada pessoa tem seu estilo e você deve enaltecer o seu. O ideal é falar em público com a mesma naturalidade que se conversa entre os amigos e familiares.

3) Varie o tom de voz. Ora mais baixo, ora mais alto, mais rápido ou pausadamente, assim, as pessoas não se cansarão e permanecerão prestando atenção na sua fala e no conteúdo. E, sobretudo, fale com emoção e paixão. Assim, você contagiará os expectadores com sua vibração.

4) Não fique parado atrás do púlpito ou num mesmo local o tempo todo. Movimente-se pelo local e aproxime-se das pessoas mais interessadas, para que elas se sintam enaltecidas, e também das pessoas desinteressadas ou sonolentas, pois assim as manterá atentas.

5) Faça perguntas durante a apresentação. Mesmo que você mesmo as responda. Questionamentos geram maior atenção e interação dos participantes.

6) Use recursos audiovisuais. A tecnologia pode lhe propiciar uma didática moderna, mas não abuse, pois as pessoas estão ali para assistir você e não para ver vídeos longos e cansativos. E não caia na armadilha de escrever todo o conteúdo nos slides, pois a apresentação vai virar uma leitura cansativa e pode passar a impressão que você não conhece o assunto.

7) Preste atenção na linguagem não-verbal. O sucesso da comunicação interpessoal não está somente naquilo que você diz, mas em como diz. Segundo a teoria 7-38-55, de Albert Mehrabian, professor emérito de psicologia da Universidade da Califórnia (UCLA), somente 7% do impacto da mensagem decorre de seu conteúdo, 38% da comunicação verbal (intensidade e velocidade da voz) e 55% da linguagem não verbal (gestos, postura, contato visual). Portanto, durante a apresentação, evite permanecer com a mão no bolso ou encostado em alguma coisa, pois isso pode transmitir insegurança ou indiferença. Também evite ficar segurando algum papel ou objeto, pois, se estiver nervoso, sua mão estará trêmula e o objeto irá balançar, expondo, assim, sua ansiedade.

8) Domine o espaço físico. Se puder, vá ao local aonde se apresentará com antecedência e treine por alguns minutos. E, durante a apresentação, procure olhar para as pessoas. Não precisa ficar encarando ninguém, pois os deixará encabulados, mas também não fique olhando para o chão. Olhe na linha dos olhos das pessoas e lembre-se de passar os olhos por toda sala para que todos se sintam prestigiados e percebam que estão sendo vistos e notados.

9) Encerre com chave de ouro. Toda apresentação deve ter início, meio e fim. O encerramento deve ser a parte mais impactante, conquistando, assim, a aprovação desejada e deixando um gostinho de quero mais.

 

10) E, por último, o grande segredo é praticar, persistir e treinar continuamente. Lembre-se que o ser humano aprende por repetição e que excelência é conquistada com muito treinamento.

COMENTÁRIOS

hm
Bayer Agro
sincadam
COMGÁS
fiemg
cdl